Community Responses to HIV, STI and Drugs
Schedule
24.02.2017
09:00am to 05:00pm
Location
ISPUP Auditorium
Description

On February 24th, 2017, the Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) will host the seminar "Community Responses to HIV, STI and Drugs", in which several experts in the field of community-based screening of infections, such as HIV, viral hepatitis and sexually transmitted infections and drug use will participate.

 

The event will take place from 9am to 5pm, in the Auditorium of ISPUP, and is open to all those interested in the subject. Admission is free but registration is mandatory! 

 

At the moment, registration is closed.

 

For Detailed Programme, click here

 

Language: Portuguese

Speakers
Jordi Casabona
Affiliation
CEEISCAT

Jordi Casabona i Barbarà, MD, MPH, PhD

Jordi Casabona is a medical epidemiologist trained in Public Health in US. He has been working on the field of HIV/STIs since 1987, when he started the AIDS Registry at the Catalan Health Department. He has worked at the Global Program on AIDS (GPA/WHO) (1989-1990), has been the Director of the Program on HIV Prevention Control in Catalonia from 1990 to 1994 and since 1995 he is the Scientific Director of the  Center for Epidemiological Studies on STIs, HIV and AIDS (CEEISCAT) (www.ceeiscat.cat) of the Catalan Public Health Agency. From CEEISCAT he implemented a very long standing and comprehensive information system on HIV/STI in Catalonia, using both formal surveillance systems and observational studies, like systematic diagnostic and behavioural monitoring, which were introduced in 1994. He has been consulting for WHO and UNAIDS in a number of countries, he was the Co-President of the XIV International AIDS Conference (Barcelona, 2002), he has been part of different ECDC and WHO expert groups  and he is the President of the Foundation SIDA i Societat (www.sidaisocietat.org), a non-profit organization working on Guatemala since 2004. Currently he is the Principal Investigator of the European Commission funded ERUROEDAT Project, including 19 countries, and member of the WHO virtual network on Sexual Health.

Laura Fernandez
Affiliation
CEEISCAT

Laura Fernàndez, Bsc, PhD, is an epidemiologist at the Center for Epidemiological Studies on STIs, HIV and AIDS of Catalonia, Spain (CEEISCAT). She coordinates HIV testing monitoring in Catalonia and has extensive experience of European funded projects, acting as co-project manager of HIV-COBATEST, and EURO-HIV-EDAT projects. She is the coordinator of the COBATEST network, a European network of community-based voluntary and counseling centers.

Nicolas Lorente
Affiliation
CEEISCAT

With a background in Maths and Social Sciences, Nicolas Lorente prepared a PhD in Public Health, directed by Pr. Bruno Spire, in the French National Institute of Health and Medical Research (INSERM) in Marseille. His PhD mainly focused on new combined prevention strategies in men who have sex with men (MSM), and in particular diversifying the HIV testing offer (community-based testing and home-tests, DRAG and WebTest studies), and pre-exposure prophylaxis (PrEP, ANRS-IPERGAY study) in France. Dr. Nicolas Lorente also worked on sexual behavior of people living with HIV in France through the national and representative ANRS-Vespa2 study.

Since 2014, he works at the Centre for Epidemiological Studies on HIV and STIs of Catalonia (CEEISCAT) in Barcelona, where he is charged to implement and coordinate the COBA-Cohort, a European cohort of HIV-negative MSM recruited and followed-up in community-based HIV testing services (6 participating countries). This cohort has been implemented in the framework of the Euro HIV EDAT project, led by CEEISCAT and co-funded by the European Commission.

Daniel Simões
Affiliation
GAT

Atualmente aluno do Programa Doutoral em Saúde Pública Global, Daniel Simões é Licenciado em Psicologia e Mestre em Psicologia Clínica. Tem um percurso de 10 anos no terceiro setor que inclui áreas como a promoção da saúde mental, proteção de menores e habitação social. Nos últimos 5 anos desempenhou funções de coordenação de projetos e policy officer no GAT, tendo estado envolvido em diversos projetos nacionais e europeus, bem como em atividades nacionais e internacionais de advocacia nas áreas do VIH e Hepatites virais. É atualmente membro da Direção do GAT.

Luís Mendão
Affiliation
GAT

Nasceu em 1958.

Concluiu os estudos em Bioquímica em 1983 na Universidade Pierre et Marie Curie, em Paris.

Actualmente, é presidente da Associação GAT - Pedro Santos, uma Organização Não Governamental fundada em 2001 e que trabalha na área dos tratamentos VIH/SIDA e vice-presidente do European AIDS Treatment Group. Foi um dos fundadores e integra a Direcção da Associação Portuguesa Antiproibicionista (SOMA-APA).

Representa Portugal no Fórum da Sociedade Civil VIH/SIDA da Comissão Europeia e pertence ao Comité Directivo do VIHPORTUGAL.

Nos últimos seis anos, tem sido assessor temporário da Organização Mundial de Saúde Europa (OMS Europa) sobre utilizadores de drogas, co-infecção VIH/VHC, vigilância epidemiológica e testes.

Em 2007, organizou a conferência europeia sobre "O direito à prevenção e ao tratamento do VIH/SIDA para os migrantes e minorias na Europa: a perspectiva da comunidade", com o apoio de 34 organizações da sociedade civil, da OMS-Europa, OIM, OIT, ONUSIDA e OEDT.

Foi diagnosticado com infecção VIH e VHC em 1996.

Miguel Rocha
Affiliation
CheckpointLX

Licenciado em Enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem de Lisboa (ESEL) (2008). Pós-Graduado em Relação de Ajuda e Intervenção Terapêutica pela Universidade Autónoma de Lisboa (2011). Mestre em Enfermagem e Especializado em Enfermagem de Saúde Comunitária pela ESEL (2014).

Assistente Convidado no Departamento de Fundamentos de Enfermagem da ESEL (2008-2012). Enfermeiro no Centro Hospitalar de Lisboa Central (2008-2013). Enfermeiro Gestor na Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados São Nicolau (2013-2014). Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Saúde Comunitária no Grupo de Ativistas de Tratamentos (2012-à data).

Isabel Aldir
Affiliation
Programa Nacional para a Infeção VIH, SIDA

Consultora de Infecciologia e Diretora Médica do H. Egas Moniz-CHLO. Assistente Convidada de Doenças Infeciosas da FCML. Diretora do Programa Nacional para a Infeção VIH, Sida e Tuberculose, e do Programa Nacional para as Hepatites Virais, da DGS. Membro do Conselho Fiscal da APECS e da Direção do Colégio de Doenças Infeciosas. Pós-Graduação em Parasitologia, Microbiologia Médica e Clínica de Doenças Tropicais, do IHMT; Pós-Graduação em Gestão de Unidades de Saúde na FCEE - U. Católica Portuguesa; Programa de Alta Direção de Instituições de Saúde da AESE. Membro da missão de ajuda humanitária à ilha de Sumatra em Janeiro de 2006, e da missão da União Europeia de avaliação da epidemia de febre amarela em Angola em Maio de 2016.

Joan Colom
Affiliation
Generalitat de Catalunya

Licenciado em Medicina e Cirurgia pela Faculdade de Medicina da Universidade autónoma de Barcelona.

Especialização em Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde, Escola de Saúde Carlos III em colaboração com a Escola para os Estudos em Saúde da Catalunha Barcelona (Espanha).

Mestrado em Abuso de Substâncias. Universidade de Barcelona.

Mestrado em Administração Pública Executiva. ESADE. Barcelona

Diretor do Programa de Abuso de Substâncias. Departamento de Saúde. Governo da Catalunha. Barcelona, Espanha.

Membro da Rede de Transtornos Aditivos (REDTRA)

Membro do Conselho Editorial da Revista Toxicomanías (RET)

Membro do Conselho Diretivo da Revista Transtornos Aditivos (Órgano Oficial de la Sociedad Española de Toxicomanías)

Insígnia de Ouro de CITRAN concedida pela Junta Diretiva. Barcelona, novembro 1992.

Bolsa concedida para o estudo do programa de gestão das funções de Administração Públicas por competição de mérito conduzida pela Escola da Administração Pública da Catalunha. Barcelona, novembro 1995.

Cruz Branca de Mérito do Plano Nacional sobre Drogas, Ministério da Saúde. Madrid, novembro 1999.

Medalha de Mérito Sanitário, concedida pelo presidente do Colégio Oficial de Farmacêuticos de Lleida. Cervera (Lleida), abril 2002.

Prémio Atlante, categoria: Iniciativas de sensibilização, informacão e/ou formacão para a prevenção na PIME 2001, o Programa de prevenção “TAC & CIA”. Serviço de prevenção da Autoridade Portuária de Barcelona. Barcelona, dezembro, 2002.

Prémio concedido pelo Diário Médico para “As Melhoras Ideias” pelo “Ensaio com heroína oral”. Barcelona, novembro 2003.

Menção Honrosa nos Prémios Rainha Sofia, na modalidade “Prevenção no Âmbito Educativo e Comunitário” para o Programa de Abuso de Substâncias do Departamento de Saúde “Beba Menos” (CREFAT 2006).

Prémio Ignasi Fina de Salut Laboral.

Membro Permanente da Conferência Setorial e da Comissão Inter-autonómica, criado pelo Plano Nacional de Drogas para coordenar e fortalecer políticas relacionadas com drogas em Espanha.

Consultor para a Organização Mundial de Saúde (OMS) e Coordenador para o Programa “Beba Menos” da OMS na Catalunha.

Consultor para Gabinete das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, e colaborador nos programas de treino da Organização Pan-Americana da Saúde.

Responsável pela gestão técnica e financeira que deriva da participação do GENCAT em Projetos Europeus: parceiro principal (PHEPA I, PHEPA II, IMHPA, DATAPREV e MENTAL HEALTH BID) parceiro associado (BUILDING CAPACITY, CAMEEH, CORRELATION, SMART, FASE, AMPHORA).

Atualmente é Diretor do Programa para a Prevenção, Controlo e Cuidados para o VIH, doenças sexualmente transmissíveis e hepatites víricas 

 

João Goulão
Affiliation
SICAD

João  Augusto Castel-Branco Goulão, 1954

 

Médico da Carreira de Medicina Geral e Familiar, colocado no Centro de Saúde de Faro na sequência do Serviço Médico à Periferia cumprido naquele Concelho no início dos anos 80, desde cedo a sua carreira se orientou para a área das Toxicodependências, quando os serviços de Saúde se viam confrontados com os problemas por elas causados e que assumiam particular relevância na região do Algarve.

 

Foi o responsável pela criação e dirigiu a primeira estrutura estatal de atendimento a toxicodependentes naquela região, a partir de 1988, primeiro em Faro e depois em Olhão; promoveu a criação de Centros de Atendimento a Toxicodependentes em Portimão, Évora, Beja e Portalegre. Foi Presidente do SPTT (Serviço de Prevenção e Tratamento da Toxicodependência) de 1997 a 2002 e Presidente do Instituto da Droga e da Toxicodependência de 2005 até à sua extinção. Atualmente  Diretor-Geral do  Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD), é o Coordenador Nacional para os Problemas das Drogas, das Toxicodependências e do Uso Nocivo do Álcool.

 

Foi membro da comissão que propôs a primeira estratégia nacional de luta contra a droga, aprovada em 1999, e que preconizava a descriminalização do consumo das drogas.

 

Membro do Comité Científico do Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência entre 1997 e 2002; representante de Portugal no Conselho de Administração daquela agência europeia desde 2005, foi eleito seu Presidente em 2009, tendo cumprido dois mandatos que terminaram no final de 2015.

 

Tem uma vasta experiência internacional nestes domínios no âmbito da representação nacional, quer nas instâncias da União Europeia, quer da ONU.

 

Foi vereador na Câmara Municipal de Faro de 1993 a 1997.

 

Agraciado pelo Presidente Jorge Sampaio com o Grau de Comendador da Ordem do Infante D. Henrique, em 2006.

 

Paula M Meireles
Affiliation
ISPUP

Paula Meireles is a PhD student in Public Health and since 2012 a research fellow at the Institute of Public Health of the University of Porto. She graduated in Clinical Analysis and Public Health at the School of Allied Health Sciences, Polytechnic Institute of Porto in 2007 and finished her master in Public Health at the Faculty of Medicine, University of Porto in 2015. Her main research interests are the epidemiology and determinants of HIV infection, viral hepatitis and other sexually transmitted infections among the most-at-risk populations, including men who have sex with men, people who use drugs, sex workers and migrants; and the prevention strategies and the acceptability of pre-exposure prophylaxis.

Henrique P Barros
Affiliation
ISPUP

Henrique Barros was born in Porto, in 1957. He graduated in Medicine in 1981 and teaches at the School of Medicine of Porto University (FMUP) since 1979. From 1988-89 was research fellow at the Internal Medicine department of Lund ́s University Hospital. In 1991 became Gastroenterology specialist and finished his PhD, with a research in the epidemiology of viral hepatitis. He is Full Professor of Epidemiology since 1999. He led the organization of the Master Programs in Public Health (coordinator), Epidemiology, Health Education and Sociology and Health, as well as the doctoral program in Public Health at the University of Porto and the doctoral program in Global Public Health (program director), a joint program with Nova University of Lisbon, financed by the Portuguese Research Foundation (FCT). He has developed research in national and international projects, in areas such as clinical and perinatal epidemiology, cardiovascular, infectious and cancer diseases, which resulted in (co) authorship of more than 200 scientific publications in international journals. He is editor of the journal Arquivos de Medicina, and member of the Editorial Board of the European Journal of Epidemiology. He was member of the Scientific Council for Health Sciences Foundation for Science and Technology (2004-12). He was National Coordinator for Infection HIV/AIDS (2005-11) and President of Portuguese Association of Epidemiology (2013-15). Currently, he is the President of the Institute of Public Health, University of Porto, member of the Executive Commission of the National Ethical Committee for Clinical Investigation (CEIC) and member of the Medical Sciences (MED) Scientific Committee of Science Europe and President- Elect of the International Epidemiological Association (2014-17).

Manuel Pizarro
Affiliation
CM Porto

Licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina da U.P. é especialista em Medicina Interna, tendo participado na criação da Unidade de Cuidados Intermédios de Medicina do Hospital de S. João, de que foi coordenador adjunto.

Tem trabalho científico publicado na área da hipertensão arterial e das doenças auto-imunes. 

Foi assistente da cadeira de Prática Clínica, na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e do curso de medicina da Escola Superior de Ciências da Saúde da Universidade do Minho.

Entre 2005 e 2013 foi deputado à Assembleia da República, tendo-se destacado na Comissão de Saúde e, em particular, na aprovação da Lei sobre a Procriação Medicamente Assistida e nas alterações às normas legais relacionadas com a transplantação de órgãos.

Foi Secretário de Estado da Saúde entre 2008 e 2009 (XVII Governo Constitucional) e Secretário de Estado Adjunto e da Saúde entre 2009 e 2011 (XVIII Governo Constitucional). Nesses anos tutelou a intervenção governativa na área das dependências

É atualmente vereador da Câmara Municipal do Porto com o Pelouro da Habitação e da Ação Social. 

João Carlos Afonso
Affiliation
CM Lisboa

Nasceu na cidade de Lisboa (1970). É licenciado em Arquitectura pela Universidade Técnica de Lisboa (1994). Concluiu uma pós-graduação em Desenho Urbano, no ISCTE-IUL (2002). Elabora tese de doutoramento, sob coordenação dos professores Alexandre Alves Costa e José António Bandeirinha, com o tema “Um contributo para a construção da democracia em Portugal. Uma leitura da arquitectura em Portugal entre 1948 e 1974”. Foi Presidente da Associação de Estudantes da Faculdade de Arquitectura da UTL, entre 1992 e 1993, e Presidente da Associação Académica de Lisboa, nos anos de 1993 e 1994. Desenvolveu trabalho prático e teórico nas áreas da arquitectura e do urbanismo, como autor de projectos, livros e artigos de investigação. Foi ainda responsável pela curadoria de diversas exposições. No período de 2002-2007, foi eleito para o Conselho Directivo Nacional e desempenhou as funções de Secretário Nacional da Ordem dos Arquitectos. Foi fundador do partido “Política XXI” e do Bloco de Esquerda. Integrou a Comissão Política da candidatura presidencial do professor António Sampaio da Nóvoa. É Membro da Associação Política “Manifesto” e integra o Movimento “Cidadãos por Lisboa”, que faz parte da maioria que governa Lisboa. Entre 2012 e 2013, foi Assessor da Vereadora Helena Roseta, na Câmara Municipal de Lisboa. Foi eleito nas eleições autárquicas realizadas em Novembro de 2013, e é desde então, Vereador do Pelouro dos Direitos Sociais da Câmara Municipal de Lisboa, com competências nas áreas de Cidadania, Direitos Humanos, Economia e Inovação Social, Saúde, Juventude, Igualdade de Género, Deficiência, Interculturalidade e Inter-religiosidade, Envelhecimento, Infância, Família, Pessoas Sem Abrigo e Acessibilidade Pedonal. Preside ao Conselho Local de Acção Social, da Rede Social de Lisboa. É Membro do Conselho de Administração na Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis e do Conselho Consultivo da Confederação Nacional de Voluntariado. É o representante da cidade de Lisboa na União das Cidades Capitais Ibero Americanas (UCCI) e na União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA) na área dos Direitos Sociais.