Descrição

A saúde oral tem assumido cada vez mais importância no bem estar e saúde geral do individuo e das populações. A cárie dentária e a doença periodontal, doenças orais mais prevalentes na população portuguesa, apresentam factores de risco comuns a algumas doenças não transmissíveis tais como a doença cardiovascular e o cancro.  No entanto, os determinantes sociais como a literacia e a acessibilidade aos cuidados de saúde oral, entre outros, têm vindo a assumir  um papel importante na distribuição das doenças orais.

 

O grupo de saúde oral pretende contribuir para a divulgação e promoção da saúde oral bem como a caraterização e compreensão dos determinantes e indicadores de saúde oral tendo em vista a sua prevenção e controlo. 

 

A partir dos dados recolhidos, pretende-se identificar grupos alvo e definir estratégias  de intervenção que visem a manutenção da saúde oral das populações. A informação  obtida permitirá uma maior fundamentação para sensibilização dos decisores políticos sobre estratégias a implementar para combater a elevada prevalência das doenças orais.

 

A missão deste grupo é assim, produzir ferramentas e informação com evidência científica que, tendo em consideração, as necessidades e os recursos existentes possam ser aplicadas em programas de saúde pública oral.