Oferta profissional – Técnico Superior (A) - Final Results

Encontra aberto um processo de recrutamento e seleção, com vista à admissão de um Técnico Superior em regime de contrato de trabalho a termo certo pelo período inicial de 12 meses, para o Serviço de Saúde Ocupacional deste Instituto.

 

O período normal de trabalho semanal é de quarenta horas, com remuneração base mensal de 1.137,73€, acrescida do subsídio de refeição.

 

  1. Poderão candidatar-se todos os indivíduos maiores, possuidores dos seguintes requisitos mínimos, comprovados documentalmente:
  • Licenciatura na área das Ciências da Saúde;
  • Mestrado em Saúde Pública ou equivalente.

 

  1. Condições de preferência: 
  • Experiência anterior na área de Saúde Ocupacional;
  • Boa capacidade comunicação, capacidade de liderança e espirito de equipa
  • Bons conhecimentos da língua inglesa (escritos e orais);
  • Disponibilidade total e imediata;
  • Bons conhecimentos informáticos do ponto de vista do utilizador (Word, Excel, PowerPoint, Access, E-mail e Internet);
  • Experiência em informatização de dados bem como na gestão de bases;
  • Experiência em técnicas de microbiologia;
  • Conhecimentos sólidos de metodologias quantitativas no processo de análise de dados (SPSS, STATA e Excel);
  • Publicações na área de Saúde Ocupacional.

 

  1. Documentos a apresentar:
  • Certificado de habilitações, com média final;
  • Curriculum Vitae;
  • Demais documentação considerada relevante.

 

A formalização das candidaturas deverá ser realizada através de correio eletrónico, até 31 de Outubro de 2017, para o endereço s_ocupacional@med.up.pt, com o Assunto “Técnico Superior A”.

 

 

A não apresentação de todos os documentos solicitados implica a exclusão do processo de seleção.


A seleção será feita por avaliação curricular, podendo ser complementada por entrevista profissional caso a comissão de seleção de candidaturas entenda necessário.

 

 

Results List:

 

CONSURSO PARA CONTRATAÇÃO DE TÉCNICO SUPERIOR PARA O INSTITUTO DE SAÚDE PÚBLICA DA UINVERSIDADE DO PORTO

ATA DE ADMISSÃO E EXCLUSÃO E AVALIAÇÃO CURRICULAR

 

 

Aos onze dias do mês de dezembro do ano dois mil e dezassete, pelas 11 horas, reuniu no Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) o Júri de Seleção do concurso para a seleção de um Técnico Superior para o Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, constituído pelo Dr. Pedro Norton, Presidente, o Dr. José Trigo, 1.º vogal efetivo e Dr.ª Joana Amaro, 2º vogal efetivo, com a seguinte ordem de trabalhos:

  1. Admissão e exclusão de candidatos;
  2. Proceder à avaliação curricular de candidatos.

 

Apresentaram-se a concurso os seguintes candidatos por ordem alfabética:

  1. Ana Isabel Inverno Sousa
  2. Ana Margarida Mendes Guedes Ruivo de Carvalho
  3. Ana Rita Andrade Sousa
  4. Carlos Alberto Alves Carvalhais
  5. Carlos Emanuel Pereira Bernardo
  6. Elsa Filipa Batista Alcobaça
  7. Isabel Filipa Martins Ferreira
  8. Jéssica Machado Guerra
  9. Joana Filipa Amorim Marçalo
  10. Juliana dos Santos Moreira
  11. Mónica Sofia Oliveira Monteiro
  12. Nathalia Telles Paschoal Santos
  13. Patrícia Ferreira de Castro
  14. Paula Alexandra Gouveia Batista
  15. Raquel Alexandra Pinto Castanheiro
  16. Sara Nascimento e Costa
  17. Sara Tribuzi Morais

 

 

 

Após ter procedido à análise da documentação apresentada nas respectivas candidaturas, o Júri verificou que as seguintes candidaturas não possuíam todos os requisitos de admissão publicitados no Aviso de abertura deste concurso:

  • Os candidatos nº 1, 2, 3, 4, 6, 9, 10, 11, 13, 15, 16 e 17 não possuem o requisito b);
  • A candidata nº 12 não comprovou possuir o requisito a) e b).

 

Requisitos mínimos: a) Licenciatura na área das Ciências da Saúde; b) Mestrado em Saúde Pública ou equivalente.

 

Face ao que precede, o júri deliberou excluir aqueles candidatos e admitir os restantes candidatos a concurso.

 

De seguida, o júri procedeu à avaliação curricular (AC), de acordo com os parâmetros definidos no Aviso, tendo chegado aos resultados registados na seguinte tabela:

 

Candidato

a)

20%

b)

10%

c)

10%

d)

15%

e)

15%

f)

10%

g)

20%

AC

Carlos Emanuel Pereira Bernardo

13

16

18

16

10

15

14

14,2

Isabel Filipa Martins Ferreira

18

18

18

16

12

14

0

12,8

Jéssica Machado Guerra

0

16

18

18

16

0

16

11,7

Paula Alexandra Gouveia Batista

20

18

18

18

18

15

20

18,5

 

a)Experiência anterior na área de Saúde Ocupacional (0 a 20 pontos); b)Bons conhecimentos da língua inglesa (escritos e orais) (0 a 20 pontos); c)Bons conhecimentos informáticos do ponto de vista do utilizador (Word, Excel, PowerPoint, Access, E-mail e Internet) (0 a 20 pontos); d) Experiência em informatização de dados bem como na gestão de bases (0 a 20 pontos); e) Conhecimentos sólidos de metodologias quantitativas no processo de análise de dados (SPSS, STATA e Excel) (0 a 20 pontos); f) Experiência em técnicas de microbiologia (0 a 20 pontos); g)Publicações na área de Saúde Ocupacional (0 a 20 pontos).

 

Concluída a AC e considerando os resultados obtidos, entendeu o Júri não ser necessário realizar uma entrevista de seleção e atribuir o lugar à candidata, Paula Alexandra Gouveia Batista.

 

 

E, nada mais havendo a tratar, foi encerrada a reunião, tendo antes sido lavrada esta ata que depois de lida, foi aprovada por unanimidade dos membros do Júri, tendo sido subscrito pelo presidente e pelos vogais.

 

Calendar

Weekly Publication

A Comparative Analysis of the Status Anxiety Hypothesis of Socio-economic Inequalities in Health Based on 18,349 individuals in Four Countries and Five Cohort Studies
Scientific Reports
Read More