Research Grant (NORTE-01-0145-FEDER-000010 ) - Projeto HEBE - Toxicologia

Anúncio para atribuição de 1 (uma) Bolsa de Investigação para Mestre no âmbito do projeto de investigação HEBE

 

Encontra-se aberto concurso para atribuição de uma Bolsa de Investigação para Mestre no âmbito do projeto de investigação NORTE-01-0145-FEDER-000010 – Saúde, Conforto e Energia no Ambiente Construído (HEBE), financiado pelo Portugal 2020, nas condições abaixo.

 

 Área Científica: Saúde Ambiental

 

Requisitos de admissão: Podem candidatar-se a esta bolsa indivíduos com grau de mestre em Toxicologia e licenciatura em Saúde Ambiental. Exige-se experiência em técnicas de genotoxicidade, nomeadamente no teste de micronúcleos e teste do cometa (versão alcalina e enzimática).

Serão fatores de preferência na avaliação dos candidatos:

  1. Classificação mínima de mestrado de 16 valores;
  2. Experiência no planeamento de recolha e processamento de amostras de ar e amostras biológicas;
  3. Conhecimentos sólidos de metodologias quantitativas no processo de análise de dados (SPSS e Excel);
  4. Conhecimentos da língua inglesa (escritos e orais).

 

Plano de trabalhos: O bolseiro estará envolvido na avaliação da genotoxicidade através do teste do micronúcleo e teste do cometa. Nas suas atividades, deverá ainda apoiar o processo de recolha de amostras de ar e amostras biológicas, de gestão de dados (elaboração de base de dados, análise de dados) e elaboração de manuscritos.

 

Legislação e regulamentação aplicável: Regime Jurídico do estatuto do Bolseiro de Investigação (Lei n.º 40/2004, de 18 de agosto, republicada em anexo ao Decreto-Lei n.º 202/2012, de 27 de agosto) e Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. – 2015 (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/regulamento.phtml.pt).

 

 Local de trabalho e orientação científica: O trabalho será desenvolvido nas instalações do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, delegação do Porto, sob a orientação científica do Doutor João Paulo Teixeira.

 

 Duração da bolsa: A bolsa terá a duração inicial de 12 meses, com início previsto para Setembro de 2016, eventualmente renovável por períodos de igual duração, até ao término do projeto.

 

 Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a € 980, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores). O Bolseiro usufrui, ainda, de Seguro Social Voluntário e de um Seguro de Acidentes Pessoais ou equivalente.

 Métodos de seleção: A avaliação será atribuída numa escala de 0 a 20 valores e incidirá na apreciação da formação académica (50%), experiência profissional (30%), produção científica anterior (10%) e conhecimentos da língua inglesa (10%). Após seriação, e em caso de empate, os candidatos pré-selecionados poderão ser chamados para entrevista presencial (neste caso a entrevista tem uma valorização de 40% e a avaliação curricular de 60%). Serão realizadas entrevistas a um máximo de 3 candidatos.

 

Composição do Júri de Seleção:

Presidente de júri: Doutor João Paulo Teixeira

Vogal efetivo: Doutor Carla Costa

Vogal efetivo: Doutor Solange Costa

Vogal suplente: Doutor Ana Sofia Mendes

 

Forma de publicitação/notificação dos resultados: Toda a informação relevante será publicada no site do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (http://www.ispup.up.pt).

 

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 2 a 16 de Agosto de 2016. As candidaturas devem ser formalizadas através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos: a) Curriculum Vitae; b) Documentos comprovativos de que o candidato reúne as condições exigíveis para o tipo de bolsa a que concorre, nomeadamente certificados de habilitações com média final; c) Documento atualizado comprovativo da situação profissional, com indicação da natureza do vínculo e funções, podendo substituí-lo por declaração sob compromisso de honra caso não exista qualquer atividade profissional ou de prestação de serviços.

As candidaturas devem ser entregues pessoalmente ou enviadas por e-mail.

 

Entrega das candidaturas:

Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto

Rua das Taipas, 135 | 4050-600 Porto

Telef: 222 061 820; e-mail: secretaria@ispup.up.pt

Results List:

ATA DA PRIMEIRA REUNIÃO do Júri DE SELEÇÃO PARA A ATRIBUIÇÃO DE UMA BOLSA DE INVESTIGAÇÃO (BI) PARA MESTRE EM TOXICOLOGIA NO ÂMBITO DAS ATIVIDADES DO projeto de investigação NORTE-01-0145-FEDER-000010 – Saúde, Conforto e Energia no Ambiente Construído (HEBE), FINANCIADO PELO PORTUGAL 2020, A DECORRER NO INSTITUTO DE SAÚDE PÚBLICA DA UNIVERSIDADE DO PORTO.

 

Ao décimo sétimo dia do mês de agosto do ano de dois mil e dezasseis, pelas quinze horas, reuniu no Centro de Saúde Pública Gonçalves Ferreira do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, I.P., sito na Rua Alexandre Herculano número 321, o Júri de seleção do concurso aberto em edital publicado e divulgado pelas páginas Web do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto e no portal ERACareers, para a seleção de um bolseiro de investigação, a contratar no âmbito do projeto de investigação NORTE-01-0145-FEDER-000010, presidido pelo Professor Doutor João Paulo Teixeira, tendo como 1.º Vogal efetivo a Doutora Carla Costa e 2.º Vogal efetivo a Doutora Solange Costa, a fim de definir os critérios de apreciação e classificação final, relativos aos métodos de seleção previstos no aviso de abertura do concurso.

O Júri acordou em definir três fases de seriação dos candidatos:

 

1) Verificação do cumprimento dos requisitos de admissão, em conformidade com o edital do concurso, designadamente:

- Entrega da documentação exigida: curriculum vitae detalhado, cópias simples dos certificados de habilitações e documento atualizado comprovativo da situação profissional;

- Adequação da formação académica;

- Experiência em técnicas de genotoxicidade, nomeadamente no teste de micronúcleos e teste do cometa (versão alcalina e enzimática);

 

O não cumprimento dos requisitos acima enunciados será considerado motivo de exclusão dos candidatos para a fase seguinte de seriação. Os candidatos que cumprirem os requisitos nesta fase passarão à fase seguinte.

 

2) Avaliação académica e curricular (AAC) dos candidatos admitidos a esta fase, de acordo com os seguintes critérios (classificação de 0 a 20 valores):  

  • Classificação obtida na obtenção dos graus académicos (0 – 10 valores);
  • Experiência na execução de testes de genotoxicidade, experiência no planeamento de recolha e processamento de amostras de ar e amostras biológicas e conhecimentos de metodologias quantitativas no processo de análise de dados (0- 6 valores);
  • Produção cientifica anterior (publicação de artigos científicos, comunicações em poster e orais) (0- 2 valores);
  • Conhecimentos de língua inglesa (0 a 2 valores).

 

Após apreciação académica e curricular (AAC) e caso o Júri assim o entenda, os dois primeiros candidatos com maior classificação serão chamados a entrevista presencial (E) para melhor avaliar o seu mérito.

A entrevista (E) será avaliada de acordo com os seguintes critérios (classificação de 0 a 20 valores):  

  • Atitude profissional (0 a 5 valores);
  • Qualidades intelectuais (0 a 5 valores);
  • Contacto e comunicação (0 a 5 valores);
  • Conhecimentos profissionais (0 a 5 valores).

Cada um destes quatro critérios será classificado pelo Júri de acordo com: “muito favorável” 5 (cinco valores), “bastante favorável” 4 (quatro valores), “favorável” 3 (três valores), “favorável com reservas” 2 (dois valores), “não favorável” 1 (um valor). O Júri acordou ainda que a classificação final destes dois supracitados candidatos será obtida pela seguinte fórmula geral: Classificação Final (CF) = [Avaliação Académica Curricular (AAC) x 0.6] + [Entrevista (E) x 0.4].

 

ATA DA SEGUNDA REUNIÃO do Júri DE SELEÇÃO PARA A ATRIBUIÇÃO DE UMA BOLSA DE INVESTIGAÇÃO (BI) PARA MESTRE EM TOXICOLOGIA NO ÂMBITO DAS ATIVIDADES DO projeto de investigação NORTE-01-0145-FEDER-000010 – Saúde, Conforto e Energia no Ambiente Construído (HEBE), FINANCIADO PELO PORTUGAL 2020, A DECORRER NO INSTITUTO DE SAÚDE PÚBLICA DA UNIVERSIDADE DO PORTO.

 

Ao décimo sétimo dia do mês de agosto do ano de dois mil e dezasseis, pelas dezasseis horas, reuniu no Centro de Saúde Pública Gonçalves Ferreira do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, I.P., sito na Rua Alexandre Herculano nº 321, o Júri de seleção do concurso aberto em edital publicado e divulgado pelas páginas Web do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto e da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, para a seleção de um bolseiro de investigação, a contratar no âmbito do projeto de investigação NORTE-01-0145-FEDER-000010, presidido pelo Professor Doutor João Paulo Teixeira, tendo como 1.º Vogal efetivo a Doutora Carla Costa e 2.º Vogal efetivo a Doutora Solange Costa. O Júri constatou que foram presentes quatro candidaturas. Tendo em atenção os requisitos de admissão mencionados no anúncio da bolsa, foi imediatamente excluído um dos candidatos por não apresentar experiência em técnicas de genotoxicidade, nomeadamente no teste de micronúcleos e teste do cometa (versão alcalina e enzimática). Para os restantes candidatos, o Júri conferiu o cumprimento de todos os requisitos de admissão e efetuou a apreciação dos processos, tendo em atenção o acordado em reunião prévia de definição de critérios para a classificação final dos candidatos. Foi elaborada a respetiva ordenação pela ordem decrescente da pontuação global obtida, descrita na seguinte tabela.

 

Candidatos excluídos por incumprimento dos critérios de admissão

Ana Margarida Nunes Ferreira Ribeiro Cardoso

Candidatos admitidos e ordenados

1º - Raquel do Nascimento Amaro

2º - Joana Filipa da Fonseca Araújo Ferreira Campos

3º - Isabel Oliveira de Abreu

 

Após apreciação curricular, o Júri decidiu, por unanimidade, pela despensa de entrevista (E) por entender terem sido fornecidos dados suficientes para a sua recomendação. Nestas circunstâncias, o Júri recomenda a atribuição da Bolsa de Investigação ao candidato colocado no primeiro lugar, sendo ele Raquel Amaro.

Nos termos do n.º 12 do art.º 21.º do Regulamento de Bolsas da Universidade do Porto, os candidatos dispõem do prazo de 10 dias úteis, a contar da data de publicação, para dizer, por escrito, caso o entendam, o que se lhe oferecer sobre a decisão do Júri de seleção responsável, relativa à lista de classificação. Qualquer alegação deve ser dirigida ao Investigador Responsável pelo Projecto, Professor Doutor João Paulo Teixeira, Investigador do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, I.P., Rua Alexandre Herculano, 321, 4000-055 Porto- Portugal; Tel.: +351223401141; Fax.:+351223401149; e-mail: joão.teixeira@insa.min-saude.pt. O processo do concurso poderá ser consultado no local acima mencionado, dentro do mesmo prazo, em qualquer dia útil, das 10 às 12 horas e das 14 às 16 horas.

Calendar

Weekly Publication

A Comparative Analysis of the Status Anxiety Hypothesis of Socio-economic Inequalities in Health Based on 18,349 individuals in Four Countries and Five Cohort Studies
Scientific Reports
Read More