Research Grant (PTDC/IVC-SOC/6782/2014)

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação (BI), no âmbito das atividades do projeto “O abuso de idosos: determinantes sociais, económicas e de saúde (POCI-01-0145-FEDER-016670, Refª FCT PTDC/IVC-SOC/6782/2014).

 

Áreas Científicas: Ciências Sociais; Sociologia; Estudos sobre Ciência e Sociedade; Ciências da Saúde; Saúde Pública e Fatores Ambientais.

 

Requisitos de admissão: Podem candidatar-se a esta bolsa indivíduos com Licenciatura nas áreas da Sociologia e/ou da Saúde Pública. Será valorizada a experiência de investigação em áreas relacionadas com a temática do projeto, especificamente em violência doméstica, abuso de idosos e/ou envelhecimento; a experiência e a formação em metodologias quantitativas e qualitativas (com exibição de prova documental relativa aos conteúdos de formação frequentada). Será valorizada a experiência comprovada como entrevistador e a fluência em inglês. A capacidade de iniciativa, espírito crítico e disponibilidade para deslocações serão também tidas em conta na avaliação dos candidatos.

 

Plano de trabalhos: O bolseiro será responsável pela administração de questionários e realização de entrevistas aos participantes, bem como pelo manuseamento e análise de dados quantitativos e qualitativos e pela produção de relatórios científicos.

 

Legislação e regulamentação aplicável: Lei Nº. 40/2004, de 18 de agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica); Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. 2012.

 

Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido no Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto e Faculdade de Letras da Universidade do Porto, sob a orientação científica da Doutora Silvia Fraga e da Doutora Isabel Dias, respetivamente.

 

Duração da bolsa: A bolsa terá a duração de 12 meses, com início previsto em 1 de Abril de 2017, podendo eventualmente ser renovada por mais 6 meses.

 

Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a 745€, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://alfa.fct.mctes.pt/apoios/bolsas/valores).

 

Métodos de seleção: Os métodos de seleção a utilizar serão os seguintes: avaliação curricular (10 valores) e entrevista (10 valores), com a valoração final de 20 valores.

 

Composição do Júri de Seleção:

Presidente do júri: Isabel Dias

Vogal efetivo: Silvia Fraga

Vogal efetivo: Alexandra Lopes

Vogal suplente:  Diogo Costa

Vogal suplente: Henrique Barros

 

Forma de publicitação/notificação dos resultados: Toda a informação relevante será publicada no site do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto http://www.ispup.up.pt/

 

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 7 a 20 de março de 2017. As candidaturas devem ser formalizadas através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos: Curriculum Vitae resumido e certificado de habilitações. As candidaturas podem ser entregues pessoalmente ou enviadas por correio ou e-mail.

 

Entrega das candidaturas: Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, Rua das Taipas, 135 | 4050-600 Porto, Telef: 222 061 820; e-mail:secretaria@ispup.up.pt

Results List:

ATA DA PRIMEIRA REUNIÃO DA COMISSÃO DE SELEÇÃO PARA A ATRIBUIÇÃO DE UMA BOLSA DE INVESTIGAÇÃO PARA LICENCIADOS, NO ÂMBITO DO PROJETO “HARMED”

 

Aos vinte dias do mês de março do ano de dois mil e dezassete, pelas doze horas, reuniu na sala 302 do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, a comissão de seleção do concurso para atribuição de uma bolsa de investigação, no âmbito do projeto “HARMED – Socio-economic and health determinants of elder abuse” (PTDC/IVC-SOC/6782/2014, POCI – 01 0145 – FEDER 016670), financiado por Fundos FEDER através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização – COMPETE 2020 e por Fundos Nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e Tecnologia, presidida pela Doutora Isabel Dias, tendo como 1.º Vogal efetiva, a Doutora Alexandra Lopes, e como 2º Vogal suplente o Doutor Diogo Costa, a fim de definir os critérios de apreciação relativos aos métodos de selecção previstos no aviso de abertura do concurso.

 

No que respeita à classificação final (“CF”) dos candidatos, a Comissão acordou ponderar os seguintes fatores obedecendo à fórmula seguinte: CF = ((AC+E)/2), sendo “AC” a avaliação curricular e “E” a entrevista.

No que respeita à avaliação curricular (“AC”), a Comissão acordou em eleger como fatores de ponderação a formação académica (“FA”) e a experiência profissional (“EP”), adiante também designadas pelas referidas inicias e de harmonia com a seguinte fórmula: AC = (FA+EP).

 

1) Em “FA” a classificação será atribuída da seguinte forma: Licenciatura com média final 16 = 5 valores. Em “EP” serão atribuídos 15 valores, distribuídos da seguinte forma: até 4 valores a atribuir pela experiência em trabalho desenvolvido em projetos de investigação (valorizando a experiência em projetos de investigação em violência doméstica, abuso de idosos e/ou envelhecimento); até 3 valores a atribuir pelos conhecimentos e formação comprovada em Metodologia Qualitativa; até 4 valores a atribuir pela experiência na aplicação de questionários estruturados e condução de entrevistas qualitativas; e até 2 valores a atribuir à experiência na análise de dados quantitativos e qualitativos; e até 2 valor a atribuir à fluência na língua inglesa.

2) No que respeita à entrevista (“E”) a Comissão deliberou que a classificação a atribuir resultará da média aritmética simples das classificações atribuídas por cada membro do júri, tendo em conta as qualidades e aptidões reveladas pelos candidatos no decurso da entrevista, por comparação com o perfil julgado às funções a desempenhar no âmbito deste projeto, aferidas pelos seguintes fatores de ponderação: atitude profissional, qualidades intelectuais, contato e comunicação, conhecimentos profissionais. Cada um destes quatro fatores será pontuado com 5 (cinco), 4 (quatro), 3 (três), 2 (dois) ou 1 (um) valores, conforme a apreciação do júri durante a entrevista considerando o perfil do candidato “muito favorável”, “bastante favorável”, “favorável”, “favorável com reservas” ou “não favorável”, respetivamente.

Nada mais havendo a tratar, deu-se por encerrada a reunião, da qual se lavrou a presente ata que, para sua inteira fé e validade, vai ser assinada por todos os membros da Comissão de Seleção.

 

ATA DA SEGUNDA REUNIÃO DA COMISSÃO DE SELEÇÃO PARA A ATRIBUIÇÃO DE UMA BOLSA DE INVESTIGAÇÃO (BI), NO ÂMBITO DAS ATIVIDADES DO PROJETO “HARMED – Socioeconomic and health determinants of elder abuse” (PTDC/IVC-SOC/6782/2014), REFERÊNCIA POCI-01-0145-FEDER-016670, FINANCIADO POR FUNDOS FEDER ATRAVÉS DO PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL LISBOA 2020 E POR FUNDOS NACIONAIS ATRAVÉS DA FCT - FUNDAÇÃO PARA A CIÊNCIA E A TECNOLOGIA.

 

No dia 3 de abril de 2017, reuniu no Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, a comissão de seleção do concurso acima descrito, Doutora Isabel Dias, Doutora Alexandra Lopes e Doutor Diogo Costa, a fim de proceder à avaliação curricular e seleção dos candidatos a admitir a entrevista nos termos previstos no edital do concurso e de acordo com a ata da primeira reunião.

 

Apresentaram-se a concurso os seguintes candidatos:

1

Ana Filipa Freitas Oliveira

2

Ana Paula Cavalcante de Oliveira

3

Ana Rita Matos Dias

4

Ana Rita Moura Ribeiro

5

Ana Rita Pontes dos Santos

6

Ariadine Kelly Rodrigues Pereira Francisco

7

Carla Sofia Fernandes Oliveira

8

Cátia Isabel da Silva Martins

9

Daniel Filipe Ferreira Costa

10

Diana Marlene Pires Marques

11

Elisabete Maria Martins Costa Silva

12

Emanuel José Chantre Borges

13

Inês Silva

14

Joana Algarinhho Guedes Pinto

15

Joana Cristina dos Reis Cavalheiro Sampaio

16

Joana Isabel Pereira de Azevedo

17

José Carlos de Sousa Carvalheiras

18

Juliana dos Santos Moreira

19

Juliana Lopes Ferreira

20

Maria Manuela Fernandes Alves

21

Marta Filipa Gomes Coelho

22

Marta Isabel Babo Leal

23

Patrícia Maria dos Anjos Ribeiro

24

Rui Rafael Carvalho Velho

25

Sara Nascimento e Costa

26

Susana Arminda de Castro Pires

27

Vânia Andrea Oliveira Gomes

28

Vânia Cláudia Marques Pinheiro

 

Após verificação do cumprimento dos requisitos de admissão e apreciação dos curricula vitae, cuja grelha referente a esta avaliação se encontra em anexo a esta ata, a Comissão de Seleção decidiu admitir a entrevista – marcada para o dia 07 de abril de 2017 a partir das 9h30, no Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, sala 302, sito à rua das Taipas 135 - os candidatos seguintes de acordo com a sua classificação na avaliação curricular (AC):

Nome

Classificação final (0-20 valores)

Diana Marlene Pires Marques

10,5

Ana Paula Cavalcante de Oliveira

10

Susana Arminda de Castro Pires

10

Marta Filipa Gomes Coelho

9

Elisabete Maria Martins Costa Silva

8

Joana Cristina dos Reis Cavalheiro Sampaio

8

Daniel Filipe Ferreira Costa

7

Juliana dos Santos Moreira

7

Maria Manuela Fernandes Alves

7

Patrícia Maria dos Anjos Ribeiro

7

Vânia Andrea Oliveira Gomes

7

Vânia Cláudia Marques Pinheiro

7


Os restantes candidatos obtiveram uma classificação na avaliação curricular (AC) inferior aos candidatos listados acima e desta forma não serão convocados para entrevista.

E, nada mais havendo a tratar, deu-se por encerrada a reunião, da qual se lavrou a presente ata que, para sua inteira fé e validade, vai ser assinada por todos os membros da Comissão.

 

ATA DA TERCEIRA REUNIÃO DA COMISSÃO DE SELEÇÃO PARA A ATRIBUIÇÃO DE UMA BOLSA DE INVESTIGAÇÃO (BI), NO ÂMBITO DAS ATIVIDADES DO PROJETO “HARMED – Socioeconomic and health determinants of elder abuse” (PTDC/IVC-SOC/6782/2014), REFERÊNCIA POCI-01-0145-FEDER-01670, FINANCIADO POR FUNDOS FEDER ATRAVÉS DO PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL LISBOA 2020 E POR FUNDOS NACIONAIS ATRAVÉS DA FCT - FUNDAÇÃO PARA A CIÊNCIA E A TECNOLOGIA.

 

No dia 7 de abril de 2017, reuniu a comissão de seleção do concurso acima descrito, Doutora Isabel Dias, Doutora Doutora Alexandra Lopes e Doutor Diogo Costa, a fim de proceder à entrevista dos candidatos admitidos nos termos previstos no edital do concurso e de acordo com a ata da primeira reunião.

Após as entrevistas, a Comissão de Seleção atribuiu as seguintes cotações (numa escala de 0 a 20), resultantes das avaliações individuais expressas nas fichas anexas à presente ata.

Nome

Classificação final (0-20 valores)

Diana Marlene Pires Marques

*

Ana Paula Cavalcante de Oliveira

9a

Susana Arminda de Castro Pires

9

Marta Filipa Gomes Coelho

10

Elisabete Maria Martins Costa Silva

11

Joana Cristina dos Reis Cavalheiro Sampaio

15

Daniel Filipe Ferreira Costa

9

Juliana dos Santos Moreira

*

Maria Manuela Fernandes Alves

11

Patrícia Maria dos Anjos Ribeiro

11

Vânia Andrea Oliveira Gomes

8

Vânia Cláudia Marques Pinheiro

13

 

*Não compareceu à entrevista

a) entrevista realizada via skype

 

De acordo com a primeira ata, a classificação final (CF) obedece à fórmula seguinte: CF = (AC+E)/2, sendo “AC” a avaliação curricular, e “E” a entrevista”. Face às classificações obtidas, procedeu-se à reordenação dos candidatos. Daqui resulta a seguinte classificação final (numa escala de 0 a 20):

 

 

Posição Final

Nome

AC

(0-20 valores)

E

(0-20 valores)

CF

(0-20 valores)

1.

Joana Cristina dos Reis Cavalheiro Sampaio

8

15

11,5

2.

Vânia Cláudia Marques Pinheiro

7

13

10

3.

Ana Paula Cavalcante de Oliveira

10

9

9,5

4.

Elisabete Maria Martins Costa Silva

8

11

9,5

5.

Marta Filipa Gomes Coelho

9

10

9,5

6.

Susana Arminda de Castro Pires

10

9

9,5

7.

Maria Manuela Fernandes Alves

7

11

9

8.

Patrícia Maria dos Anjos Ribeiro

7

11

9

9.

Daniel Filipe Ferreira Costa

7

9

8

10.

Vânia Andrea Oliveira Gomes

7

8

7,5

11.

Diana Marlene Pires Marques

10,5

--

Excluído

12.

Juliana dos Santos Moreira

7

--

Excluído

 

E, nada mais havendo a tratar, deu-se por encerrada a reunião, da qual se lavrou a presente ata que, para sua inteira fé e validade, vai ser assinada por todos os membros da Comissão.

 

Calendar

Weekly Publication

A Comparative Analysis of the Status Anxiety Hypothesis of Socio-economic Inequalities in Health Based on 18,349 individuals in Four Countries and Five Cohort Studies
Scientific Reports
Read More