Bolsa de Investigação – ISPUP

Projeto: Atividades de investigação do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto

 

Prazo de candidatura: 15 a 28 de fevereiro de 2019

 

Additional Information: Final Results Available.


Bolsa de Investigação – ISPUP

 

Anúncio para atribuição de 1 (uma) Bolsa de Investigação para Mestre

 

Prazo de candidatura: 15 a 28 de fevereiro de 2019

 

Encontra-se aberto concurso para atribuição de uma Bolsa de Investigação para Mestre no âmbito das atividades de investigação do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, nas seguintes condições:

 

Área Científica: Psicologia Clínica

 

Requisitos de admissão:

Podem candidatar-se a esta posição indivíduos com licenciatura em Psicologia e grau de mestre em Psicologia Clínica com nota final igual ou superior a 15 valores.

Exige-se experiência profissional na avaliação psicológica de crianças, nomeadamente com recurso à NEPSY-II, e redação de relatórios clínicos no âmbito de projetos de investigação. Será também valorizada a experiência em tarefas de investigação, nomeadamente em aplicação de questionários, informatização de dados e análise quantitativa de dados.

 

Plano de trabalhos: O bolseiro será responsável pela avaliação do desenvolvimento cognitivo de participantes do projeto Geração XXI, incluindo a realização de relatórios de avaliação. Será também responsável pela realização de questionários estruturados aos participantes do projeto Geração XXI.

 

Legislação e regulamentação aplicável:

Estatuto do Bolseiro de Investigação; Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. - em vigor, disponível em: https://www.fct.pt/apoios/bolsas/regulamentos.phtml.pt 

 

Local de trabalho e orientação científica: 

O trabalho será desenvolvido no Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), e na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, sob a supervisão da Professora Doutora Ana Cristina Santos.

 

Duração da bolsa:

A bolsa terá a duração de doze meses, com início previsto em março de 2019.

 

Valor do subsídio de manutenção mensal:

O montante da bolsa corresponde a € 980, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

 

Métodos de seleção:

A seleção será feita com base na avaliação curricular (10 valores) e entrevista (10 valores), com a valorização final de 20 valores. Serão realizadas entrevistas a um máximo de 3 candidatos.

 

Composição do Júri de Seleção:

Presidente de júri: Ana Cristina Santos

Vogal efetivo: Raquel Costa

Vogal efetivo: Carla Lopes

 

Forma de publicitação/notificação dos resultados:

Toda a informação relevante será publicada no site do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (http://www.ispup.up.pt).

 

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas:

O concurso encontra-se aberto no período de 15 a 28 de fevereiro de 2019.

 

As candidaturas devem ser formalizadas através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos: Curriculum Vitae resumido e certificado de habilitações contendo a classificação final para a obtenção do grau.

No currículo Vitae devem constar de forma abreviada informação relativa a, mas não exclusiva sobre, classificação final dos graus curriculares obtidos, duração e tema(s) de eventual experiência em investigação cientifica, evidência de fluência em inglês (certificado ou experiência profissional), evidência de experiência de análise estatística (certificado ou experiência profissional).

 

As candidaturas devem ser enviadas por e-mail para secretaria@ispup.up.pt, indicando explicitamente a referência “ISPUP– Mestre”.

Results List:

ATA DA PRIMEIRA REUNIÃO DA COMISSÃO DE SELECÇÃO PARA A ATRIBUIÇÃO DE UMA BOLSA DE INVESTIGAÇÃO (BI), GRAU MESTRE, NO ÂMBITO DAS ATIVIDADES DE INVESTIGAÇÃO DO INSTITUTO DE SAÚDE PÚBLICA DA UNIVERSIDADE DO PORTO 

 

No dia 15 de fevereiro de 2019 reuniu a comissão de seleção do concurso acima descrito (Doutora Ana Cristina Santos, Doutora Carla Lopes e Doutora Raquel Costa) no sentido de definir os critérios de seleção. A comissão estabeleceu três fases de seleção:

  

  1. Cumprimento dos requisitos de admissão, como descrito no edital do concurso:

a) Apresentação de todos os documentos requeridos (Curriculumvitae, certificado de habilitações e documento comprovativo da situação profissional);

b) Licenciatura em Psicologia e Mestrado em Psicologia Clínica com nota final igual ou superior a 15 valores;

c) Experiência profissional na avaliação psicológica de crianças, nomeadamente com recurso à NEPSY-II.

 

Os candidatos serão excluídos se algum dos critérios acima mencionados não for cumprido.

 

  1. Avaliaçãodo Curriculum vitae (AC) – máximo de 15 pontos sendo a soma de cada um dos critérios descritos:

Média de licenciatura ou de mestrado integrado superior a 15 valores (3 pontos);

Experiência profissional na avaliação psicológica de crianças, nomeadamente com recurso à NEPSY-II (4 valores)

Experiência em trabalho de campo, nomeadamente entrevista a participantes e aplicação de questionários (máximo 4 pontos), informatização de dados (máximo 2 pontos) e análise quantitativa de dados (máximo 2 pontos).

 

  1. Entrevista (E) – máximo de 5 pontos

Os candidatos com melhor avaliação curricular serão admitidos a entrevista, conforme previsto em edital, até a um máximo de 3.

 

Cada membro da comissão de seleção classificará os candidatos relativamente a cada um dos critérios definidos abaixo:

a) Contacto, empatia e comunicação (máximo 1,5 pontos)

b) Motivação para as atividades previstas (máximo de 1,5 pontos)

c) Conhecimentos profissionais (máximo de 1,5 pontos)

d) Fluência em inglês (máximo 0,5 pontos)

 

A classificação da entrevista será a média aritmética do somatório das classificações atribuídas por cada um dos elementos da comissão.

 

Classificação Final dos Candidatos (CF)

Máximo de 20 pontos, com base na fórmula seguinte:

CF = [Avaliação Curricular (AC) + Entrevista (E)]

 

Será selecionado o candidato com a classificação mais elevada, desde que a classificação final obtida seja de pelo menos 10 pontos em 20.

Calendar

Weekly Publication

Association of Gestational Weight Gain With Adverse Maternal and Infant Outcomes.
JAMA
Read More