Research Grant (PTDC/DTP-SAP/6384/2014-B) - Final Results
Abstract:

One position is available within the scientific area Public Health Sciences at the Institute of Public Health of the University of Porto, within the project Migrants and Perinatal Health: Barriers, Incentives and Outcomes (Refª. PTDC/DTP-SAP/6384/2014-B), which is financed by FEDER fund through “Programa Operacional Competitividade e Internacionalização promovido pelo FEDER e por Fundos Nacionais através da FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia”.

Description:

 

About the Institute of Public Health of the University of Porto:

The Institute of Public Health of the University of Porto – ISPUP – is devoted to create and disseminate high quality information and competitive knowledge in the broad field of public health. ISPUP promotes solid interaction among experienced researchers from complementary scientific fields and actively stimulates networking among relevant regional, national and international institutions with a dynamic exchange of clinical and population-based scientific information.

 

Academic and professional requirements:

  • Degree in Health Sciences, Psychology, Sociology, International Affairs
  • Training in conducting interviews

 

It will be appreciated:

  • To speak English and/or French and/or Italian and/or Mandarin and/or Russian and/or Ukrainian and/or Romanian and/or Hindi and/or Bengali and/or Nepali language.
  • Training in epidemiologic research
  • Availability to travel in Portugal.

 

Activity outline:

The fellow will be responsible:

  • To interview the migrant and native mothers (5 to 7 interviews per day),
  • To follow the recruitment process in public maternity units.
  • Working time: 8 hours per day, 5 days per week.
  • Work shifts could include work during evenings, Saturdays or Sundays.

 

Workplace:

Institute of Public Health of the University of Porto, Porto, Portugal. Supervision by Professor Henrique Barros.

 

Duration and Stipend:

The grant will have a duration of 12 months, with an expected starting date in August 2017. Financial aspects are in accordance with the FCT regulations (http://alfa.fct.mctes.pt/apoios/bolsas/valores), which assigns a tax-free stipend of 745€ per month.

 

Legislation and regulations:

Lei Nº. 40/2004, from 18th August (Research Grant Holder Statute) republished by supplement - Decreto-Lei n.º 202/2012, from 27th August (http://www.fct.mctes.pt/pt/apoios/bolsas/estatutodobolseiro) and Regulations for Advance Training and Qualification of Human Resources 2015 (https://www.fct.pt/apoios/bolsas/regulamentos.phtml.en). 

 

Evaluation criteria and process:

Curricular evaluation of all eligible candidates + interview (possibly by videoconference) with a maximum of three candidates. The final results of the evaluation will be posted in ISPUP’s website (http://ispup.up.pt/training-positions/scholarships/open-positions/)

 

Jury: Professor Doutor Henrique Barros, Doutora Cristina Teixeira, Doutora Elisabete Ramos.

 

Call start and finish dates: June 30th to July 13th 2017.

 

Documents Required:     

i) Curriculum Vitae;

ii) Academic degree certificate(s);

iii) Motivation letter, including as appendix a scientific article in which the candidate had a central participation in statistical analysis.

 

Applications should be sent by email to “secretaria@ispup.up.pt” (or personal delivery) to Joana Ferreira, Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, Rua das Taipas 135, 4050-600 Porto, within the timeframe of the call.

 

Results List:

 

ATA DA PRIMEIRA REUNIÃO DA COMISSÃO DE SELECÇÃO PARA A ATRIBUIÇÃO DE UMA BOLSA DE INVESTIGAÇÃO (BI), NO ÂMBITO DAS ATIVIDADES DO PROJETO “Saúde Perinatal em migrantes: Barreiras, Incentivos e Resultados” (PTDC/DTP-SAP/6384/2014), referência POCI-01-0145-FEDER-016874, financiado por Fundos FEDER através do Programa Operacional Regional Lisboa 2020 e por Fundos Nacionais através da FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

 

No dia 12 de julho de 2017, reuniu no Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, a comissão de selecção do concurso acima descrito (Cristina Teixeira, Elisabete Ramos e Henrique Barros) no sentido de definir os critérios de seleção. A comissão optou por estabelecer quatro fases neste processo:

1. Verificação do cumprimento dos requisitos de admissão, em conformidade com o edital do concurso, designadamente:

a. Entrega da documentação exigida; (Curriculum vitae, certificado de habilitações, comprovativo de situação profissional)

b. Requisitos académicos e profissionais exigidos:

i Licenciatura em qualquer domínio das Ciências da Saúde, Psicologia, Sociologia, ou Relações Internacionais.

ii experiência comprovada como entrevistador.

 

2. Avaliação do Curriculum Vitae (AC) aos candidatos que cumpram os critérios de admissão, correspondendo a um valor máximo de 10 pontos, resultado do somatório de pontos atribuído a cada um dos seguintes itens:

i. domínio da língua Inglesa e/ou Francesa e/ou Italiano e/ou Mandarim e/ou Russo e/ou Ucraniano e/ou Romeno e/ou Hindi e/ou Bengali e/ou Nepalês (valor máximo de 3 pontos)

ii. experiência laboral ou de investigação em áreas relacionadas com a temática do projeto, especificamente em populações migrantes ou grupos vulneráveis (valor máximo de 3 pontos)

iii. experiência em projetos de investigação epidemiológica (valor máximo de 2 pontos)

iv. Disponibilidade de deslocação para qualquer parte do país (valor máximo de 2 pontos)

 

3. Avaliação por entrevista (E) aos cinco candidatos que apresentem as classificações mais elevadas atribuídas na fase 2, correspondendo a um valor máximo de 10 pontos. A Comissão deliberou que cada membro do júri atribuirá uma classificação tendo em conta as qualidades e aptidões reveladas pelos candidatos no decurso da entrevista, por comparação com o perfil julgado adequado às funções a desempenhar no âmbito deste projeto, aferidas pelos seguintes fatores de ponderação:

1. Atitude profissional (máximo de 5 pontos)

2. Qualidades intelectuais (máximo de 5 pontos)

3. Contacto e comunicação (máximo de 5 pontos)

4. Conhecimentos profissionais (máximo de 5 pontos)

A classificação final resultará da média aritmética simples das classificações atribuídas por cada membro do júri e depois convertida para uma escala em que o valor máximo é de 10 pontos

 

4. Ordenação dos candidatos com base na seguinte fórmula

 

Classificação Final (CF) = Avaliação Curricular (AC) + Entrevista (E)

 

Será seleccionado o candidato com a classificação mais elevada.

 

Nada mais havendo a tratar, deu-se por encerrada a reunião, da qual se lavrou a presente acta que, para sua inteira fé e validade, vai ser assinada por todos os membros da Comissão.

 

ATA DA SEGUNDA REUNIÃO DA COMISSÃO DE SELECÇÃO PARA A ATRIBUIÇÃO DE UMA BOLSA DE INVESTIGAÇÃO (BI), NO ÂMBITO DAS ATIVIDADES DO PROJETO “SAÚDE PERINATAL EM MIGRANTES: BARREIRAS, INCENTIVOS E RESULTADOS” (PTDC/DTP-SAP/6384/2014), REFERÊNCIA POCI-01-0145-FEDER-016874, FINANCIADO POR FUNDOS FEDER ATRAVÉS DO PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL LISBOA 2020 E POR FUNDOS NACIONAIS ATRAVÉS DA FCT - FUNDAÇÃO PARA A CIÊNCIA E A TECNOLOGIA.

 

No dia 20 de julho de 2017, reuniu no Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, a comissão de selecção do concurso acima descrito (Henrique Barros, Cristina Teixeira e Elisabete Ramos) fim de proceder à avaliação curricular e selecção dos candidatos a admitir a entrevista nos termos previstos no edital do concurso e de acordo com a acta da primeira reunião. Apresentaram-se a concurso os seguintes candidatos:

 

Augusta Urugwiro

Joanna Drogowska

Joana Mafalda Miguelote de Pinho Monteiro

Joana Margarida Ferreira de Campos Afonso

Jorge Miguel Batista da Silva

Luciana Alexandra Gomes Amorim Rodrigues Duarte

Marisa Juliana Leite Guimarães

Maria Elisa da Silva Santos

Nuno Elmano Moutinho Lima

Sofia Isabel Ferreira Almeida Bóia

Patrícia Raquel Silva Fernandes

 

Após verificação do cumprimento dos requisitos de admissão, em conformidade com o edital do concurso, designadamente:

  1. Existência de todos os documentos requeridos (Curriculum vitae, certificado de habilitações e documento comprovativo da situação profissional)
  2. Requisitos académicos e profissionais exigidos:

i. Licenciatura em qualquer domínio das Ciências da Saúde, Psicologia, Sociologia, ou Relações Internacionais.

ii. experiência comprovada como entrevistador.

 

A Comissão de seleção decidiu excluir os seguintes candidatos para a fase seguinte de seriação por não cumprirem integralmente os requisitos acima descritos:

 

- Nuno Elmano Moutinho Lima

- Patrícia Raquel Silva Fernandes

- Sofia Isabel Ferreira Almeida Bóia

 

Após análise curricular dos candidatos o júri procedeu à atribuição da respetiva classificação

 

Nome

Classificação da avaliação curricular    (0 - 10)

Augusta Urugwiro

5,5

Joana Mafalda Miguelote de Pinho Monteiro

4,0

Joana Margarida Ferreira de Campos Afonso

3,0

Marisa Juliana Leite Guimarães

3,0

Joanna Drogowska

2,5

Jorge Miguel Batista da Silva

2,0

Luciana Alexandra Gomes Amorim Rodrigues Duarte

2,0

Maria Elisa da Silva Santos

2,0

 

De acordo com os critérios definidos na ata da primeira reunião, nomeadamente, admissão para entrevista dos candidatos com melhor avaliação curricular, até a um máximo de 5, a Comissão de seleção decidiu admitir a entrevista marcada para dia 03 de agosto de 2017, os cinco primeiros candidatos da tabela de classificação:

- Augusta Urugwiro

- Joana Mafalda Miguelote de Pinho Monteiro

- Joana Margarida Ferreira de Campos Afonso

- Marisa Juliana Leite Guimarães

- Joanna Drogowska

 

E, nada mais havendo a tratar, deu-se por encerrada a reunião, da qual se lavrou a presente ata que, para sua inteira fé e validade, vai ser assinada por todos os membros da Comissão.

 

ATA DA TERCEIRA REUNIÃO DA COMISSÃO DE SELECÇÃO PARA A ATRIBUIÇÃO DE UMA BOLSA DE INVESTIGAÇÃO (BI), NO ÂMBITO DAS ATIVIDADES DO PROJETO “SAÚDE PERINATAL EM MIGRANTES: BARREIRAS, INCENTIVOS E RESULTADOS” (PTDC/DTP-SAP/6384/2014), REFERÊNCIA POCI-01-0145-FEDER-016874, FINANCIADO POR FUNDOS FEDER ATRAVÉS DO PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL LISBOA 2020 E POR FUNDOS NACIONAIS ATRAVÉS DA FCT - FUNDAÇÃO PARA A CIÊNCIA E A TECNOLOGIA.

 

No dia 03 de Agosto de 2017, reuniu no Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, a comissão de selecção do concurso acima descrito (Henrique Barros, Cristina Teixeira e Elisabete Ramos) a fim de proceder às entrevistas para seriar os candidatos nos termos previstos no edital do concurso e de acordo com a acta da primeira reunião.

 

Compareceram à entrevista os seguintes candidatos:

Augusta Urugwiro

Joanna Drogowska

Joana Mafalda Miguelote de Pinho Monteiro

Joana Margarida Ferreira de Campos Afonso

Marisa Juliana Leite Guimarães

 

Após as entrevistas, a Comissão de seleção atribuiu as classificações da avaliação por entrevista, tendo sido obtida a classificação final de cada candidata que se apresenta na seguinte Tabela

 

Nome

Classificação da avaliação curricular

(0-10 valores)

Classificação da avaliação por entrevista

(0-10 valores)

Total

(0-20 valores)

Joana Mafalda Miguelote de Pinho Monteiro

4,00

9,00

13,00

Augusta Urugwiro

5,50

7,25

12,75

Joanna Drogowska

2,50

8,67

11,17

Marisa Juliana Leite Guimarães

3,00

5,25

8,25

Joana Margarida Ferreira de Campos Afonso

3,00

5,08

8,08

 

De acordo com as classificações obtidas, ficaram seleccionadas as seguintes candidatas

- Joana Mafalda Miguelote de Pinho Monteiro

 

E, nada mais havendo a tratar, deu-se por encerrada a reunião, da qual se lavrou a presente ata que, para sua inteira fé e validade, vai ser assinada por todos os membros da Comissão.

 

Calendar

Weekly Publication

Caries prevalence and treatment needs in young people in Portugal: the third national study.
Community Dent Health
Read More