Research Grant (PTDC/DTP­EPI/7183/2014) - Final Results
Description:

Encontra-se aberto concurso para atribuição de uma Bolsa de Investigação (BI) – Grau Mestre, no âmbito do projeto “Estudo de coorte prospetivo sobre complicações neurológicas do cancro da mama: frequência e impacto em resultados reportados pelos doentes”, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (PTDC/DTP­EPI/7183/2014) e pelo Programa Operacional Competitividade e Internacionalização promovido pelo FEDER (POCI­COMPETE 016867).

 

Área Científica: Saúde Pública

 

Requisitos de admissão: Podem candidatar-se a esta bolsa indivíduos com grau de mestre em qualquer área no domínio da Saúde Pública. Valoriza-se experiência profissional e formação específica em neuropsicologia, assim como experiência em projetos de investigação epidemiológica, nomeadamente em informatização de dados, gestão de bases, análise quantitativa de dados e apresentação e publicação de resultados de trabalhos de investigação científica.

 

Plano de trabalhos: O bolseiro será responsável pela avaliação de participantes do projeto, incluindo a realização de entrevistas estruturadas, assim como pela informatização de dados e gestão das bases de dados. Participará ainda na redação de manuscritos no contexto do projeto. Legislação e regulamentação aplicável: Regime Jurídico do estatuto do Bolseiro de Investigação (Lei n.º 40/2004, de 18 de agosto, republicada em anexo ao Decreto-Lei n.º 202/2012, de 27 de agosto) e Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. – 2015 (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/regulamento.phtml.pt).

 

Legislação e regulamentação aplicável: Regime Jurídico do estatuto do Bolseiro de Investigação (Lei n.º 40/2004, de 18 de agosto, republicada em anexo ao Decreto-Lei n.º 202/2012, de 27 de agosto) e Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. – 2015 (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/regulamento.phtml.pt).

 

Local de trabalho e orientação científica: O trabalho será desenvolvido no Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) e no Instituto Português de Oncologia do Porto FG, EPE (IPO­Porto), sob a orientação científica do Professor Doutor Nuno Lunet.

 

Duração da bolsa: A bolsa terá a duração inicial de 12 meses, eventualmente renovável por mais 10 meses ou até ao limite máximo da duração do projeto, se este tiver lugar menos de 22 meses após o início da bolsa. A bolsa tem início previsto para setembro de 2017.

 

Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a € 980, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

 

Métodos de seleção: Os métodos de seleção a utilizar serão os seguintes: avaliação curricular (10 valores) e entrevista (10 valores), com a valorização final de 20 valores. Serão realizadas entrevistas a um máximo de 5 candidatos.

 

Composição do Júri de Seleção:

Presidente de júri: Doutor Nuno Lunet

Vogal efetivo: Doutora Ana Henriques

Vogal efetivo: Doutora Susana Pereira

Vogal suplente: Doutora Elisabete Ramos

Vogal suplente: Doutora Andreia Oliveira

 

Forma de publicitação/notificação dos resultados: Toda a informação relevante será publicada no site do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (http://www.ispup.up.pt).

 

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 14 a 27 de julho de 2017. As candidaturas devem ser formalizadas através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos:

a) Curriculum Vitae;

b) Documentos comprovativos de que o candidato reúne as condições exigíveis para o tipo de bolsa a que concorre, nomeadamente certificados de habilitações com média final;

c) Documento atualizado comprovativo da situação profissional, com indicação da natureza do vínculo e funções, podendo substituí-lo por declaração sob compromisso de honra caso não exista qualquer atividade profissional ou de prestação de serviços.

 

As candidaturas devem ser entregues pessoalmente ou enviadas por e-mail.

 

 

Entrega das candidaturas:

Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto

Rua das Taipas, 135 | 4050-600 Porto

Telef: 222 061 820; e-mail: secretaria@ispup.up.pt

Results List:

ATA DA PRIMEIRA REUNIÃO DA COMISSÃO DE SELECÇÃO PARA A ATRIBUIÇÃO DE UMA BOLSA DE INVESTIGAÇÃO (BI), GRAU MESTRE, NO ÂMBITO DO PROJECTO “Estudo de coorte prospetivo sobre complicações neurológicas do cancro da mama: frequência e impacto em resultados reportados pelos doentes” (PTDC/DTP-EPI/7183/2014)

 

No dia 21 de julho de 2017, reuniu no Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, a comissão de seleção do concurso acima descrito (Prof. Doutor Nuno Lunet, Profª Doutora Ana Henriques, Profª Doutora Susana Pereira) no sentido de definir os critérios de seleção. A comissão estabeleceu três fases de seleção:

1. Cumprimento dos requisitos de admissão, como descrito no edital do concurso:

  1. Apresentação de todos os documentos requeridos (Curriculum vitae, certificado de habilitações e documento comprovativo da situação profissional);
  2. Mestrado em qualquer área no domínio da Saúde Pública.

 

Os candidatos serão excluídos se algum dos critérios acima mencionados não for cumprido.

 

2. Avaliação do Curriculum vitae (AC) – máximo de 10 pontos sendo a soma de cada um dos critérios descritos:

a. Experiência profissional ou formação específica em neuropsicologia (máximo 2 pontos);

b. Experiência em trabalho de campo, nomeadamente entrevista a participantes (máximo 1 ponto), informatização (máximo 1,5 pontos) e gestão de bases de dados (máximo 1,5 pontos);

c. Conhecimentos de análise estatística – evidenciado por artigo científico ou outra publicação em que o candidato demonstre ter tido papel central na análise estatística (máximo 2 pontos);

d. Publicações por extenso em revistas científicas (máximo 2 pontos: revistas sem fator de impacto quantificado, sem ser 1º autor=0,5 pontos; revistas com fator de impacto quantificado, sem ser 1º autor=1 ponto; revistas sem fator de impacto quantificado, 1º autor=1; revistas com fator de impacto quantificado, 1º autor=2).

 

 3. Entrevista (E) – máximo de 10 pontos

Os candidatos com melhor avaliação curricular serão admitidos a entrevista, conforme previsto em edital, até a um máximo de 5.

Cada membro da comissão de seleção classificará os candidatos relativamente a cada um dos critérios definidos abaixo:

  1. Contacto, empatia e comunicação (máximo 2,5 pontos)
  2. Motivação para as atividades previstas (máximo de 2,5 pontos)
  3. Conhecimentos profissionais (máximo de 2,5 pontos)
  4. Fluência em inglês (máximo 2,5 pontos)

 

A classificação da entrevista será a média aritmética do somatório das classificações atribuídas por cada um dos elementos da comissão.

 

Classificação Final dos Candidatos (CF)

Máximo de 20 pontos, com base na fórmula seguinte:

CF = [Avaliação Curricular (AC) + Entrevista (E)]

 

Será selecionado o candidato com a classificação mais elevada.

 

Nada mais havendo a tratar, deu-se por encerrada a reunião, da qual se lavrou a presente ata que, para sua inteira fé e validade, vai ser assinada por todos os membros da Comissão de Seleção.

 

ATA DA SEGUNDA REUNIÃO DA COMISSÃO DE SELEÇÃO PARA A ATRIBUIÇÃO DE Uma BOLSA DE INVESTIGAÇÃO (BI), GRAU MESTRE, NO ÂMBITO DO PROJECTO “Estudo de coorte prospetivo sobre complicações neurológicas do cancro da mama: frequência e impacto em resultados reportados pelos doentes” (PTDC/DTP-EPI/7183/2014)

 

No dia 31 de julho de 2017, reuniu no Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, a comissão de selecção do concurso acima descrito (Prof. Doutor Nuno Lunet, Doutora Ana Henriques, Doutora Susana Pereira) a fim de proceder à avaliação curricular e selecção dos candidatos a admitir a entrevista nos termos previstos no edital do concurso e de acordo com a acta da primeira reunião.

 

Apresentaram-se a concurso os seguintes candidatos:

- Ana Catarina Lourenço Carrelo

- Ana Clotilde Rodrigues Bessa

- Ana Margarida de Barros Trovisqueira Baptista da Silva

- Ana Raquel Rocha Barbosa

- Ana Sofia Pereira Ferreira

- Ana Sofia Pinheiro de Jesus

- Branca Raquel Rodrigues Magano

- Cristiana Filipa de Almeida Marques

- Daniel Ruivo Marques

- David Filipe da Silva Oliveira

- Inês Maria Andrês Fachada

- Jessica Machado Guerra

- Laura Margarida Garcia Rodrigues

- Margarida Marlene Magalhães Garcês

- Maria Constança de Barbosa Mendonça de Morais Sarmento

- Marisa Joana Marques Faria

- Nathalie Ribeiro dos Santos

- Odete Marinho Gonçalves Ferreira

- Oriana Sofia Pereira Leandro de Sousa

- Patrícia Cristina Fontes Dias

- Paula Maria Sarrico Pinto e Costa

- Sandra Isabel Teixeira Bernardino

- Vanessa Oliveira Silva

 

 

Após verificação do cumprimento dos requisitos de admissão, em conformidade com o edital do concurso, designadamente:

  1. Existência de todos os documentos requeridos (Curriculum vitae, certificado de habilitações e documento comprovativo da situação profissional)
  2. Mestrado em qualquer área no domínio da Saúde Pública;

 

 

A Comissão de seleção decidiu excluir os seguintes candidatos para a fase seguinte de seriação por não cumprirem integralmente os requisitos acima descritos:

- David Filipe da Silva Oliveira

- Marisa Joana Marques Faria

 

 

Após análise curricular dos candidatos o júri procedeu à atribuição da respetiva classificação (os candidatos com a mesma classificação estão ordenados por ordem alfabética do primeiro nome):

 

 

Nome

Classificação final

(0-10 valores)

Ana Catarina Lourenço Carrelo

Inferior a 5

Ana Clotilde Rodrigues Bessa

Inferior a 5

Ana Margarida de Barros Trovisqueira Baptista da Silva

10

Ana Raquel Rocha Barbosa

Inferior a 5

Ana Sofia Pereira Ferreira

Inferior a 5

Ana Sofia Pinheiro de Jesus

Inferior a 5

Branca Raquel Rodrigues Magano

6

Cristiana Filipa de Almeida Marques

Inferior a 5

Daniel Ruivo Marques

10

Inês Maria Andrês Fachada

10

Jessica Machado Guerra

Inferior a 5

Laura Margarida Garcia Rodrigues

Inferior a 5

Margarida Marlene Magalhães Garcês

5,5

Maria Constança de Barbosa Mendonça de Morais Sarmento

7,5

Nathalie Ribeiro dos Santos

Inferior a 5

Odete Marinho Gonçalves Ferreira

Inferior a 5

Oriana Sofia Pereira Leandro de Sousa

Inferior a 5

Patrícia Cristina Fontes Dias

Inferior a 5

Paula Maria Sarrico Pinto e Costa

9

Sandra Isabel Teixeira Bernardino

5

Vanessa Oliveira Silva

5,5

 

De acordo com os critérios definidos na ata da primeira reunião, nomeadamente, admissão para entrevista dos candidatos com melhor avaliação curricular, até a um máximo de 5, a Comissão de seleção decidiu admitir a entrevista marcada para dia 3 de agosto, os seguintes candidatos:

 

- Ana Margarida de Barros Trovisqueira Baptista da Silva

- Daniel Ruivo Marques

- Inês Maria Andrês Fachada

- Maria Constança de Barbosa Mendonça de Morais Sarmento

- Paula Maria Sarrico Pinto e Costa

 

E, nada mais havendo a tratar, deu-se por encerrada a reunião, da qual se lavrou a presente ata que, para sua inteira fé e validade, vai ser assinada por todos os membros da Comissão.

 

ATA DA TERCEIRA REUNIÃO DA COMISSÃO DE SELEÇÃO PARA A ATRIBUIÇÃO DE UMA BOLSA DE INVESTIGAÇÃO (BI), GRAU MESTRE, NO ÂMBITO DO PROJECTO “Estudo de coorte prospetivo sobre complicações neurológicas do cancro da mama: frequência e impacto em resultados reportados pelos doentes” (PTDC/DTP-EPI/7183/2014)

 

No dia 3 de agosto de 2017, reuniu a comissão de selecção do concurso acima descrito (Prof. Doutor Nuno Lunet, Doutora Ana Henriques, Doutora Susana Pereira a fim de proceder à entrevista de selecção nos termos previstos no edital do concurso e de acordo com a acta da primeira reunião.

Após a entrevista, a Comissão de Selecção atribuiu a seguinte cotação (numa escala de 0 a 10), resultante da avaliação individual expressa nas fichas anexas à presente ata:

 

Nome

Classificação

Ana Margarida de Barros Trovisqueira Baptista da Silva

8,00

Daniel Ruivo Marques

6,17

Inês Maria Andrês Fachada

7,50

Maria Constança de Barbosa Mendonça de Morais Sarmento

8,50

Paula Maria Sarrico Pinto e Costa

9,5

 

De acordo com a primeira acta, a classificação final (CF) obedece à fórmula seguinte: CF =(AC + E), sendo “AC” a avaliação curricular, e “E” a entrevista”. Daqui resulta a seguinte classificação final (numa escala de 0 a 20):

 POSIÇÃO FINAL

NOME

AC

(0-10)

E

(0-10)

CF

(0-20)

1

Paula Maria Sarrico Pinto e Costa

9,00

9,5

18,50

2

Ana Margarida de Barros Trovisqueira Baptista da Silva

10,00

8,00

18,00

3

Inês Maria Andrês Fachada

10,00

7,50

17,50

4

Daniel Ruivo Marques

10,00

6,17

16,17

5

Maria Constança de Barbosa Mendonça de Morais Sarmento

7,50

8,50

16,00

 

Nada mais havendo a tratar, deu-se por encerrada a reunião, da qual se lavrou a presente acta que, para sua inteira fé e validade, vai ser assinada por todos os membros da Comissão de Selecção.

 

Calendar

Weekly Publication

Caries prevalence and treatment needs in young people in Portugal: the third national study.
Community Dent Health
Read More