Research Grant (POCI-01-0145-FEDER-032194)

Project: DATAGov - Participação dos cidadãos na governança de dados de saúde: uma abordagem à proteção de dados centrada nas pessoas (POCI-01-0145-FEDER-032194).

 

Call start and finish dates: 27 de Dezembro de 2018 a 10 de Janeiro de 2019.

 

Additional Information: Final Results Available.


 

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação (BI) – Grau Mestre, no âmbito do projeto “Participação dos cidadãos na governança de dados de saúde: uma abordagem à proteção de dados centrada nas pessoas” (POCI-01-0145-FEDER-032194), financiado por Fundos FEDER através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização e por Fundos Nacionais através da FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

 

Área científica: Ciências Sociais

 

Requisitos de admissão: Podem candidatar-se a esta bolsa indivíduos com Mestrado em Saúde Pública. Exige-se experiência de investigação na área da governança de dados de saúde, participação em projetos de investigação, experiência na utilização de metodologias quantitativas e qualitativas e fluência em inglês e português, falado e escrito. Valoriza-se o interesse pelo uso de metodologias mistas e a experiência na organização de eventos científicos e pedagógicos. Um percurso de investigação no âmbito dos Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia, a capacidade de iniciativa, espírito crítico e disponibilidade para deslocações, também serão considerados na avaliação dos candidatos.

 

Plano de trabalhos: O bolseiro será responsável pela recolha e análise de dados quantitativos e qualitativos e pela produção de manuscritos científicos.

 

Legislação e regulamentação aplicável: Regime Jurídico do estatuto do Bolseiro de Investigação (Lei n.º 40/2004, de 18 de agosto, republicada em anexo ao Decreto-Lei n.º 202/2012, de 27 de agosto) e Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. – 2018 (https://www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT2018.pdf).

 

Local de trabalho e orientação científica: O trabalho será desenvolvido no Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, sob a orientação científica da Doutora Cláudia de Freitas.

 

Duração da bolsa: A bolsa terá a duração de 12 meses, com início previsto em Fevereiro de 2018. O contrato de bolsa poderá ser renovado por igual período, até um máximo de 30 meses, desde que não ultrapasse a data de término do projeto.

 

Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a 980€, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (https://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

 

Métodos de seleção: Os métodos de seleção a utilizar serão os seguintes: avaliação curricular (10 valores) e entrevista (10 valores), com a valoração final de 20 valores. Serão realizadas entrevistas a um máximo de 3 candidatos.

 

Composição do Júri de Seleção:

 

Presidente do júri: Doutora Cláudia de Freitas

Vogal efetivo: Doutora Susana Silva

Vogal efetivo: Doutora Catarina Samorinha

Vogal suplente: Doutora Sílvia Fraga

Vogal suplente: Doutora Ana Henriques

 

Forma de publicitação/notificação dos resultados: Toda a informação relevante será publicada no site do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto http://www.ispup.up.pt/

 

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 27 de Dezembro de 2018 a 10 de Janeiro de 2019. As candidaturas devem ser formalizadas obrigatoriamente, através de e-mail para o endereço secretaria@ispup.up.pt com conhecimento para claudia.defreitas@ispup.up.pt com a refª “DATAGov - Bolsa Mestre” no assunto e através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos: a) Curriculum Vitae; b) Documentos comprovativos de que o candidato reúne as condições exigíveis para o tipo de bolsa a que concorre, nomeadamente o grau de mestre, com as respetivas classificações finais.

 

Os documentos submetidos deverão ser nomeados com o primeiro e último nome do/a candidato/a e não exceder os 5 MB no seu conjunto.

Results List:

ATA DA PRIMEIRA REUNIÃO DA COMISSÃO DE SELEÇÃO PARA A ATRIBUIÇÃO DE UMA BOLSA DE INVESTIGAÇÃO (BI), NO ÂMBITO DAS ATIVIDADES DO PROJETO PUBLIC AND PATIENT INVOLVEMENT IN HEALTH DATA GOVERNANCE: A PEOPLE-CENTRED APPROACH TO DATA PROTECTION IN GENETIC DISEASES (AAC Nº 02/SAICT/2017 - PROJETO Nº 032194), FINANCIADO PELA FUNDAÇÃO PARA A CIÊNCIA E TECNOLOGIA (FCT/OE) (POCI-01-0145-FEDER-032194) E PELO PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO PROMOVIDO PELOS FUNDOS EUROPEUS DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL (FEDER/FNR).

 

No dia 10 de Dezembro de 2018, reuniu no Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, a comissão de seleção do concurso acima descrito (Cláudia De Freitas, Susana Silva e Catarina Samorinha) no sentido de definir os critérios de seleção. A comissão optou por estabelecer duas fases de seleção:

 

1) Verificação do cumprimento dos requisitos de admissão, em conformidade com o edital do concurso, designadamente:

- Entrega da documentação exigida;

- Adequação da formação académica (Mestrado em Saúde Pública), com indicação da classificação final;

- Experiência de investigação na área da governança de dados de saúde demonstrado por via de produção científica;

- Participação em projetos de investigação científica;

- Experiência na utilização de metodologias quantitativas e qualitativas;

- Fluência em inglês e português, falada e escrita.

O não cumprimento dos requisitos acima enunciados será considerado motivo de exclusão dos candidatos para a fase seguinte de seriação.

 

2) Ordenação dos candidatos que cumpriram os requisitos da fase anterior, com base na fórmula geral:

                 Classificação Final (CF) = [Avaliação Curricular (AC) + Entrevista (E)] / 2.

 

No que respeita à AC, a Comissão acordou em eleger como fatores de ponderação a formação académica (FA) e a experiência profissional (EP), adiante também designadas pelas referidas iniciais e de harmonia com a seguinte fórmula: AC = FA + EP.

Em relação a cada um dos fatores considerados, o júri deliberou que:

- Em FA serão atribuídos os valores de acordo com a tabela abaixo:

 

Licenciatura ou

Mestrado Integrado

Licenciatura + Mestrado

Classificação

base

Classificação

Classificação

da licenciatura

Classificação

do mestrado

≥ 17

≥ 16

≥ 16

5,0

16

15

≥ 15

4,5

15

14

≥ 14

4,0

14

13

≥ 13

3,0

< 14

< 13

≥ 10

1,0

 

- Em EP serão atribuídos 15 valores, distribuídos da seguinte forma:

 

  • Investigação na área da governança de dados de saúde (0 a 7 valores);
  • Experiência na utilização de metodologias quantitativas e qualitativas (0 a 3 valores);
  • Participação em projetos de investigação científica (0 a 2 valores);
  • Organização de eventos científicos e pedagógicos (0 a 2 valores);
  • Fluência em inglês e português (0 a 1 valor).

 

No que respeita à entrevista (E) a Comissão deliberou que a classificação a atribuir resultará da média aritmética simples das classificações atribuídas por cada membro do júri, tendo em conta as qualidades e aptidões reveladas pelos candidatos no decurso da entrevista, por comparação com o perfil julgado adequado às funções a desempenhar no âmbito deste projeto, aferidas pelos seguintes fatores de ponderação:

 

  • Conhecimentos profissionais e competências para desenvolver o plano de trabalhos (0 a 8 valores);
  • Motivação para concretizar os objetivos do projeto de investigação (0 a 5 valores);
  • Contacto e comunicação (0 a 4 valores);
  • Atitude profissional (0 a 3 valores).

 

 

Será selecionado o candidato com a classificação mais elevada.

 

 

Results List:

The minutes with the final classification were made available to the candidates. The minutes are posted on the Institute for the period determined in a public notice.

Calendar

Weekly Publication

Musculoskeletal injuries and absenteeism among healthcare professionals-ICD-10 characterization.
PLoS One
Read More