Unidade de Investigação em Epidemiologia (EPIUnit)

A Unidade de Investigação em Epidemiologia (EPIUnit), financiada pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) (Refª UIDB/04750/2020 e UIDP/04750/2020), nasce da necessidade de colocar a investigação em Epidemiologia na rota da ciência de excelência desenvolvida nas unidades de Investigação e Desenvolvimento (I&D) Portuguesas.

Aprovada pela FCT em 2015, a EPIUnit alicerça-se na investigação de uma equipa multidisciplinar que abrange aspetos populacionais, clínicos e translacionais da Epidemiologia, num ambiente de investigação com uma forte componente métrica e qualitativa.

Em 2019, no âmbito da rede nacional de I&D, a EPIUnit foi avaliada por painéis internacionais com classificação máxima de “Excelente” e beneficia da orientação de um painel de consultores científicos de renome internacional.

Atualmente, mais de 150 cientistas com formações académicas complementares são investigadores integrados  na EPIUnit, sendo cerca de 90 doutorados. Da equipa fazem parte investigadores a frequentar formação em programas de pós-graduação de mestrado e de doutoramento, uma vez que a EPIUnit é uma das instituições de acolhimento para o desenvolvimento de investigação de alunos que integram vários programas, entre os quais, os seguintes:

 

A lista de teses desenvolvidas, nos anos 2018 a 2022, pelos alunos que elegeram a EPIUnit como Unidade de I&D pode ser consultada abaixo:

 

Desde 2021, a EPIUnit integra o Laboratório Associado para a Investigação Integrativa e Translacional em Saúde Populacional (ITR), tendo reestruturado a sua investigação que assentava em sete grupos principais de investigação e passou a estar organizada em quatro linhas temáticas, que agrupam dezenas de laboratórios, coordenados cada um por um investigador principal.